segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

história de sansão

Há muito tempo atrás havia um judeu muito forte chamado Sansão que morava na cidade de Gaza, na Palestina. Naquela época a cidade era então governada pelos filisteus. Sansão então conheceu uma filistéia de extrema beleza chamada Dalila. Sabendo que Sansão também se apaixonara por Dalila, os governadores filisteus propuseram a Dalila, que se ela descobrisse a origem da força descomunal desse judeu, eles a cobririam de jóias. Dalila aceitou a oferta desde de que nenhum homem pusesse as mãos em Sansão para feri-lo. Dalila depois de muitas artimanhas descobriu que a força de Sansão provinha dos longos cabelos que Deus lhe deu. Então Dalila colocou um soporífero na bebida de Sansão, e cortou-os. Depois mandou chamou os guardas filisteus que não tiveram dificuldades em prender Sansão. Visitando Sansão na cadeia, ela descobriu que ele estava cego. A explicação que foi dada para Dalila é que ninguém tocou em Sansão. Somente aproximaram um ferro em brasa próximo do rosto dele, e isso fez queimar as suas retinas, disseram os filisteus sorridentes. Com o tempo os cabelos de Sansão voltaram a crescer. Numa das festas mais concorridas no templo pagão dos filisteus, Dalila guiou o seu amado para que ele pudesse localizar as colunas de sustentação do templo. Sansão percebeu que Deus novamente lhe deu a força necessária para se vingar dos deuses pagãos dos filisteus, e pede a Dalila que se afaste. Mas ela morre junto com o seu amado junto com as ruínas do templo filisteu.

Sem comentários: